Afaste-se do mal, aproxime-se do bem!

Afaste-se-do-mau

“…o tolo detesta afastar-se do mal.” (Provérbios 13.19)

O livro de Provérbios pinta para nós que a sabedoria é resultado de afeições transformadas e direcionadas ao Senhor (Provérbios 1.7; 2.10; etc). Do outro lado, apresenta a insensatez como um problema de lealdade das afeições (Provérbios 13.19).

Por isso, não abandonar o pecado é resultado direto da tolice do coração. Muitas vezes, seu problema em “não deixar o pecado” não tem a ver com um conhecimento intelectual do que é certo e/ou errado. Saber o que é errado no nível intelectual não é suficiente e, por vezes, perturba a alma com culpa. A transformação acontece num coração leal ao Senhor… amando o que o Senhor ama, odiando o que o Senhor odeia. Aí sim, afasta-se do mal! Aí sim, aproxima-se do bem!

Por: Alexandre “Sacha” Mendes; Original: “Eu sou o Senhor, e não há outro…” (Isaías 45.5).

Siga o Sacha no facebook: fb.com/AlexandreSachaMendes

Você pode gostar...