Busque uma Vida de Santidade!

BusqueUmaVidaDeSantidade

“Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Se dissermos que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.” 1 João 1.5-10

Hoje quero conversar com você sobre a importância de se ter uma vida em busca de santidade. Apesar dela não ser o meio de salvação, ela é fruto de uma vida convertida a Cristo Jesus. Conversão significa mudança de direção, mudança de vida, e a falta dela significa um falso arrependimento e, logo, uma falsa conversão.

Em 1 João 1.5 a 10 podemos ver claramente isso. No verso 5 vemos a afirmação de que Deus é luz e nele não há treva alguma. Deus é a fonte, a origem do bem e Dele não vem pecado algum. Deus é santo, puro, perfeito e justo. Deus odeia e pune o pecado. Não há comunhão alguma entre Ele e a depravação, entre ele e as trevas.

Se somos filhos desse Deus, se Ele nos converteu e entregamos nossas vidas em submissão e amor, então devemos andar assim como Cristo andou (1 João 2.6). Logo, devemos sempre nos esforçar para andar na luz e é isso que o verso 6 nos mostra:

“Se dissermos que mantemos comunhão com Ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade.” 1 João 1.6

Se dissermos que mantemos comunhão com Ele, então devemos andar na luz. Está claro isso! Não há comunhão entre luz e trevas (2 Coríntios 6.14). Devemos sempre buscar ser perfeitos, como perfeito é o nosso Pai (Mateus 5.48).

Mas eu quero te chamar atenção para um próximo ponto. As vezes nós não enxergamos a importância de se viver uma vida de santidade. Acreditamos que o que fizermos de errado afetará somente nossa vida particular e que, enquanto mantivermos isso em segredo, tudo estará bem. Isso é uma grande e profunda mentira! O verso 7 nos revela que:

“Se, porém, andarmos na luz, como Ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.” 1 João 1.7

A segunda parte desse versículo nos mostra o que já falamos, quanto ao fato de que as boas obras são fruto de uma vida purificada pelo sangue de Cristo, mas atente para o começo desse versículo. Ele diz que se andarmos na luz, buscando uma vida de santidade, manteremos comunhão uns com os outros. Portanto, o fato de você não levar uma vida de santidade a sério irá afetar negativamente sua comunhão com seus irmãos. Se você não busca uma vida de santidade, seus amigos mais próximos, seus irmãos em Cristo, sua igreja sofrerão junto com você! Você será um membro doente no corpo e isso trará desgastes para toda a igreja (1 Coríntios 12.12-27)! Tenha uma vida em busca de santidade, em busca de viver na luz, por amor a você, por amor a seus irmãos, por amor a sua igreja e POR AMOR A DEUS!

Agora estamos entendendo melhor a importância de se ter uma vida de santidade, mas não se culpe por não conseguir cumprir sempre todos os mandamentos de Deus. Realmente essa tarefa é muito difícil. Na verdade, essa tarefa será impossível enquanto Cristo não nos restaurar completamente e nos levar para habitar junto Dele, e é isso que podemos ver no verso 8:

“Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós.” 1 João 1.8

O que essa passagem nos diz é que SIM, VOCÊ TEM PECADO! A Palavra de Deus te garante isso porque Ele sabe que você não vai deixar de pecar enquanto estiver aqui. Isso é um fato que todos precisamos entender. Deus sabe que você vai pecar enquanto estiver aqui e é por isso que Ele nos deu um plano perfeito de salvação, que cobriria todos os nossos pecados eternamente, o sangue de Cristo! Tudo o que Ele pede é que confessemos os nossos pecados, arrependidos, com o coração aberto, rendidos a Ele e depositando nossa fé no sacrifício de Cristo e somente Nele.

“ Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” 1 João 1.9

Mas não encare o “confessar” como uma fórmula mágica que irá te livrar de uma enrascada! Confessar significa se arrepender, se esforçar para mudar, para não cair mais nesse pecado. Esse é o fruto do verdadeiro arrependimento!

No final dessa passagem, o texto retorna ao fato de que nós realmente somos pecadores. Veja a importância de se reconhecer como um pecador. É isso que irá te mostrar quão grande é sua necessidade de Cristo! Você não consegue não pecar! E dizer que consegue é o mesmo que chamar Deus de mentiroso:

“Se dissermos que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.” 1 João 1.10

Se chamamos Ele de mentiroso, então Sua Palavra não está em nós! Se Sua Palavra não está em nós, isso é uma boa indicação de que não somos verdadeiramente convertidos!

Mas preste atenção no fato de que Deus sabe da sua realidade. Ele sabe que você irá continuar pecando. Então não se sinta sobrecarregado quanto a isso. Obedeça a Ele, busque sempre não cair, mas se cair se levante confiado Nele, pois o sacrifício de Cristo foi por esse pecado também. Você não pegou Deus de surpresa com esse erro e é importante que reconheça isso. Sua confiança em Deus deve estar presente em todos os momentos, inclusive nos de queda! Você pode ver mais sobre isso no vídeo “Como eu sei se meu arrependimento é genuíno?” postado aqui no blog.

Uma vida de santificação é de extrema importância. Seu pecado acarreta em consequências negativas para você e para outras pessoas e a perseverança na luz é fruto de um genuíno arrependimento. Lembre-se que o fato de você passar pela sombra de uma nuvem não te tira completamente da luz do sol! Viva sempre para Deus e confie Nele, nos tempos de força e nos tempos de fraqueza, para honra e glória do nome Dele!

Que Deus nos fortaleça e nos ajude a ser cada vez mais parecidos com Ele, amém!

Por: Guilherme M. Reiss;

Original: Busque uma Vida de Santidade!; copyright © 2014 Jovens Fiéis; website: JovensFieis.com.br.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Você pode gostar...