Cristo morreu para nós ou para Deus? – John Piper (2/10)

CristoMorreuParaNosOuParaDeus22

“[Cristo] a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; tendo em vista a manifestação da sua justiça no tempo presente, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus.” Romans 3:25-26

“O Significado Mais Secreto Da Cruz”

Nosso foco é muito limitado. Iremos mais a fundo na questão da justificação, reconciliação e perdão para a origem e a fundação de tudo isso — o que C. E. B. Cranfield chama de “o significado mais secreto da cruz” (A Epístola Aos Romanos, Vol. 1, I.C.C., Edinburgh: T&T. Clark, 1975, p. 213).

O que você deveria ouvir cuidadosamente ao lermos este texto é o problema no universo que a mentalidade bíblica (mentalidade de Deus) está tentando resolver por meio da morte de Cristo. Como isto difere dos problemas que a mentalidade secular diz que Deus tem para resolver?

[Cristo] a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; (Romanos 3:25)

Reduza isto ao problema mais básico que a morte de Cristo é designada para resolver. Deus propôs Cristo como propiciação (Ele O enviou para morrer) a fim de demonstrar sua justiça (ou juízo). O problema que precisava de solução era que Deus, por alguma razão, pareceu injusto e queria vindicar a si mesmo e limpar o seu nome. Essa é a questão básica. A Justiça de Deus está em questão. Seu nome, reputação ou honra devem ser vindicados. Antes da cruz poder ser para nossa causa, ela deve ser para a causa de Deus.

Mas o que criou o problema? Por que Deus enfrentou o problema de precisar de uma vindicação pública de sua justiça? A resposta está na última frase do verso 25: “por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos;”.

Agora o que isso significa? Isso significa que por séculos Deus esteve fazendo o que o Salmo 103:10 relata: “Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui consoante as nossas iniqüidades”. Ele esteve deixando impunes milhares de pecados. Ele esteve perdoando, deixando-os ir e não os punindo.

Por: John Piper; Original: Cristo Morreu Para Nós Ou Para Deus?; Copyright © Desiring God; Website: DesiringGor.org.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Você pode gostar...