Cristo morreu para nós ou para Deus? – John Piper (8/10)

CristoMorreuParaNosOuParaDeus8

“[Cristo] a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; tendo em vista a manifestação da sua justiça no tempo presente, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus.” Romans 3:25-26

Pode A Exaltação De Si Mesmo Ser Um Ato De Amor?

Alguns podem perguntar: “Como pode ser amável Deus se exaltar tanto na obra da cruz? Se ele está mesmo exaltando a sua própria glória e vindicando a sua justiça, então como a cruz é realmente um ato de amor por nós?”

Temo que a questão revele uma mentalidade secular comum com o homem no centro. Ela assume que, para sermos amados, Deus tem de fazer de nós o centro. Ele tem de destacar o nosso valor. Se a nossa dignidade não é enfatizada, então não somos amados. Se o nosso valor não é o fundamento da cruz, então não somos estimados. A presunção desse tipo de questionamento é que a exaltação do valor e da glória de Deus sobre o homem não é a essência genuína do que o amor de Deus pelo homem é.

A mentalidade bíblica, contudo, afirma exatamente o oposto. A cruz é o pináculo do amor de Deus pelo pecadores, não porque demonstra o valor dos pecadores, mas porque vindica o valor de Deus que os pecadores podem apreciar. O amor de Deus pelo homem não consiste em tornar o homem o centro, mas em fazer de Si mesmo o centro para o homem. A cruz não direciona a atenção do homem para o seu próprio valor vindicado, mas para a Justiça de Deus vindicada.

Isto é amor porque a única alegria eterna para o homem é felicidade focada nas riquezas da glória de Deus. “Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente.” (Salmos 16:11). A autoexaltação de Deus é amável porque nos preserva e nos oferece O Único Ser que dá toda a satisfação de desejo no universo O Todo-Glorioso, Todo-Justo Deus.

Por: John Piper; Original: Cristo Morreu Para Nós Ou Para Deus?; Copyright © Desiring God; Website: DesiringGor.org.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Você pode gostar...