Não consigo ou não quero? – Clodoaldo Machado

NaoConsigoOuNaoQuero
Não é raro encontrarmos jovens crentes que se sentem derrotados na luta contra o pecado. Muitos se sentem frustrados, desanimados e impotentes. Em razão disso, aprendem a conviver com o pecado e deixam de lutar contra ele. Assim como um pé dentro de um sapato apertado é machucado no início, mas depois enrijece e já não sente mais dor, da mesma forma é o pecado na vida de muitos jovens crentes. Perdem a sensibilidade a ele e passam a viver sem oferecer-lhe qualquer resistência. Por que isso acontece? Por que o crente, que deve viver em santidade, acostuma-se ao pecado?
Jesus disse que se o Filho, que é Ele mesmo, libertar alguém do pecado, este verdadeiramente será livre (Jo 8:36). Significa que se alguém não tem o Filho é escravo do pecado e não terá condições de lutar contra ele, mas viverá à sua mercê, cometendo toda sorte de impureza (Ef 4:17-19). Alguém que já tenha sido transformado pelo poder de Deus, e tem o Seu Espírito habitando em si, pertence a Deus e tem recebido condições de viver para Ele. Deus deseja encontrar seus servos lutando, odiando e desejando viver sem a presença do pecado em suas vidas. Hebreus 12:3 vai dizer que esta é a nossa luta.
A vitória sobre o pecado, no entanto, não será obtida pelo poder ou sabedoria do crente, ao contrário disso, ela é concedida por Deus. Deus deseja que o crente tão somente empenhe-se em viver sem o pecado em sua vida, para então conceder-lhe a vitória. Porém, diante da luta contra o pecado, muitos têm sucumbido, e a frase comum de se ouvir é: eu não consigo! Mas Deus tem dado tudo o que é necessário para que se vença o pecado. Pedro diz com incrível clareza que, pelo divino poder, nos tem sido doadas todas as coisas que nos conduzem à vida e à piedade (2Pe 1:3). Diz ainda que, pela glória e virtude de Deus, nos são dadas todas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas nos tornemos coparticipantes da natureza divina, livrando-nos da corrupção que há no mundo (2Pe 1:4).
Diante disso tudo, o que de fato tem acontecido nos corações dos crentes? Será que realmente não conseguem vencer ou não querem lutar? Se Jesus disse que sou livre do pecado, e está escrito que tenho recebido todas as condições de viver em santidade e ser coparticipante da natureza dEle, o que acontece? Não consigo ou não quero?
 
Por: Pr. Clodoaldo Machado
 
Fonte:
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

.

Você pode gostar...

  • Acho que precisamos nos focalizar na guerra e ódio contra o pecado, pois não conseguiremos a santidade plena nesse corpo terreno. RC Sproul disse em um livro que a santidade é como uma montanha; conforme nós chegamos mais perto, maior ela parece para nós, assim também é que quando mais conhecemos o padrão perfeito de santidade, ou seja , Cristo, mais nós percebemos nossa fraqueza e pecado.

    • sou de jesus

      massa teu comentario … copiei kkkk