Um “Auto-Exame”

UmAutoExame

“Examine-se, pois, o homem a si mesmo…” (1Coríntios 11:28a)

Esse é o nosso dever como cristãos, não somente quando vamos participar da ceia, mas sempre.

“Esquadrinhemos os nossos caminhos, provemo-los e voltemos para o Senhor.” (Lamentações. 3:40).

Estamos falando sobre auto-exame. Não estamos falando sobre examinar a vida dos outros e sim a nossa. Antes de olhar para a vida de outra pessoa temos que olhar para nós mesmos.

“Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?” (Mateus 7:3)

Um bom auto-exame começa com aquela famosa oração do Salmista:

“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno”. (Salmo 139:23, 24)

Começa com o que Deus pensa de nós.

Para saber o que Ele pensa sobre nós é necessário conhecer a Deus e a nós mesmos, mas usando a Palavra. Os jovens não tem mais o costume de fazer, antes de qualquer coisa em sua vida, um auto-exame. Estão sempre com a desculpa de que o mundo moderno não lhes dá tempo para pensar, que as coisas precisam ser dinâmicas e o mundo não para. Jovem, pare e examine as coisas que você quer realizar, as coisas que são propostas a você, busque a Deus e diga como o Salmista: “sonde o meu coração”.

Um bom auto-exame nos livra de pecados que podem aparecer. Veja quantas dicas são dadas na área da saúde para que homens e mulheres façam exames em seus corpos para que possam prevenir futuras doenças. O mesmo deve ocorrer em nossa vida espiritual. Um bom exame irá, a cada momento, nos distanciar do pecado e nos aproximar de Deus.­­

O auto-exame não é algo místico, como um “esvaziamento do eu” proposto pela espiritualidade oriental.  Você não precisa ficar em uma posição corporal específica ou um determinado número de minutos em silêncio absoluto. O auto-exame envolve tanto o coração quanto a mente. Devemos examinar nossas ações e motivações à luz da santidade de Deus revelada na Palavra. Não basta avaliar aquilo que fazemos, precisamos cavar mais fundo para chegarmos, também, nas nossas motivações.

Jovens, vamos práticar o auto-exame  e assim você certamente será separado de muitos pecados.

Por: Deiverson de Araujo; Revisão: Guilherme M. Reiss.

Original: Um “Auto-Exame”; copyright © 2014 Jovens Fiéis; website: JovensFieis.com.br.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Você pode gostar...